terça-feira, 2 de outubro de 2012

É desta

Se eu já era um bocado cético no que toca a estas coisas dos amores, agora é que não me acredito mesmo, está decidido, perdi a fé, a minha vida nunca mais vai ser a mesma. A Diana não existe e eu estou inconsolável. 

1 comentário:

Catita disse...

Acabei de saber agora e fiquei meia parva e desiludida :(
A Diana era uma mulher de sorte, aquele rapaz não era mesmo para perder, parecia que tinha saído de um conto de fadas e que estava disposto a tudo pela sua princesa. Claro que, na cabeça dos românticos esta história foi uma delícia. E agora dizem que foi uma campanha publicitária??? Não é justo. Desiludiram-nos